Importante

Todos os textos do blog, em prosa e verso, a não ser quando creditado o autor, são de minha autoria e para serem usados de alguma forma, necessitam de prévia autorização.

sábado, 29 de abril de 2017

Strip crise



Strip crise


Se o ócio criativo vira um sócio vingativo os demônios fazem motim os hormônios acham ruim o Arlequim vira Pierrô que horror ao som de um calipso chega o Apocalipse ipsis literis a tela em branco encalha no barranco lento feito lesma na mesma tento o fomento do texto conciso mas pro meu prejuízo  só despertaria riso tosco bilhete em falsete fora do tom jobiniano ou não então apelo feio pro termo do meio e busco o leve breve mas pra meu tédio sai um arremedo de bula de remédio tamanho médio daí parto com dor prum texto extenso sem senso de humor profundo abissal e afundo em areia movediça carniça pra urubu vai tomar café de jacu! pra ver se volta a inspiração que a piração já tá me deixando louco e mais um pouco eu desisto desinsisto entrego os pontos me retiro dou-me um tiro me aposento vou pra dentro ah já sei tive uma ideia vou parodiar Medeia mas vai que todo mundo odeia peraí melhor reiventar o Saci mas com 3 pernas não acho que não é meu dia ou então meu dia chegou ou sei lá tudo no fundo é poesia e amanhã é outro dia tosca desculpa pra crise ainda que eu relativize e eu fazendo strip tease bem na frente do leitor é muito amor que nem me cobra então tô fechado pra obras prometendo novas obras  não tirei leite da pedra a coisa não flui já tô aqui falando merda fui!

                                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário